quinta-feira, 7 de julho de 2011

Como prometi...

Cá estou eu a colocar algumas fotos...
Que retratam um pouco das emoções que foram vividas aqui...na Livraria LusoLivro em Zurich No número 213 da Hohlstrasse Alguns dos Amigos, que estão sempre presentes! Nos momentos menos bons e nos momentos felizes como este...Um Obrigado muito especial à professora Manuela Miranda, proprietária da livraria!
Que neste momento falava dos projectos para o seu novo local, e dava as boas vindas aos presentes, dando assim o "pontapé" de saida para o evento,



Em boa companhia! À minha direita uma grande Mulher e amiga, a Poetisa Ana Casanova que me apresentou assim como ao meu livro, à minha esquerda o Poeta Emanuel Lomelino, que além de amigo falou também em nome da Editora Temas Originais.


(Transcrevo só um pouco do que o Emanuel disse:)

Boa tarde a todos!
Em primeiro lugar eu quero dizer, que quando se pôs a possibilidade de eu estar aqui, ao lado da Carmen, era simplesmente como qualquer um de vocês, como amigo da Carmen, entretanto por influência da poetisa Ana Casanova, uma amiga comum, falaram com o editor e deram-me a responsabilidade de vir aqui representar a editora, que é comum aos três.
Então o meu papel é o mais fácil aqui na mesa, que falar um bocadinho da editora, que é uma editora que tem pouco mais de dois anos, faz uma aposta bastante grande em novos autores, como o editor é também um poeta consagrado em Portugal, inclusive ganhou o último prémio Bocage em Setúbal, ele sabe as dificuldades que cada um dos autores tem em conseguir colocar as obras no mercado. Porque em Portugal passa-se um fenómeno bastante interessante que é, por mês são editados cerca de 15 mil títulos, ou seja num país que se diz que ninguém lê, são muitos títulos!
Este livro da Carmen Ferreira, é um livro que eu não sei quando é que ela está a pensar editar outro (risos) mas não é isso que nos interessa agora! Este é um livro que tem um universo, de cerca de 15 mil títulos á volta dele (…)
…Esta é uma primeira incursão fora de Portugal! Pelas circunstâncias que todos conhecemos. Porque a Carmen reside aqui na Suíça, seria lógico fazer a apresentação do livro da Carmen, aqui junto das pessoas que tal como ela estão cá imigradas. E que para além da obra em si, tem o acrescento de ser em língua portuguesa, que sei que vocês porque estão cá imigrados, sentem um pouco mais, se calhar que nós mesmos a nossa própria língua, a língua portuguesa! Porque nós, (residentes em Portugal) o dia-a-dia é conviver só com portugueses, e não temos que traduzir o que pretendemos para uma outra língua, se calhar esquecemos até um bocadinho que somos portugueses. E vocês enquanto residentes noutro país notamos que têm muito mais enraizada essa situação de “ser português” (…) A Temas Originais é uma editora que aposta nas primeiras obras. Faz um acompanhamento junto dos autores, e é intenção da Temas sendo uma editora nova, uma editora pequena, crescer junto com os autores, e se houver um autor que cresça, que dê passos maiores, a editora está sempre associada e tenta acompanhar o processo do autor! Neste caso delegaram-me a mim acompanhar a Carmen e a sua obra! (…)
…Sobre a editora é tudo o que tenho a dizer agora. (…) Sobre a Carmen como amiga tenho a acrescentar que desse por onde desse, fosse aqui fosse em Portugal, fosse onde ela estivesse, eu tinha-lhe prometido que iria estar com ela neste dia! (…) Agradeço a vocês todos amigos da Carmen, o estarem aqui hoje com ela a partilhar este momento! Acreditem que para quem edita um livro, este é um momento tremendamente importante! (…)
Para vos falar da obra propriamente, passo a palavra à poetisa Ana Casanova…

(A Ana com a boa disposição e força que sempre a acompanha fazendo dela a Mulher que muito admiro disse:)

"Foi com muito agrado e alguma surpresa que recebi o convite da Carmen para a apresentar aqui em Zurique na Livraria LusoLivro.

Respondi prontamente a este "desafio" já que é a primeira vez que faço a apresentação de um autor e da obra, não só por esse factor mas também e principalmente pelo prazer que o mesmo constitui.

Admiro a Mulher e Autora que conhecia já da partilha que faziamos da nossa escrita no mundo dos blogues.

Falar da Carmen, é falar de uma Mulher que considero como ser humano muito especial pelos valores morais que lhe reconheço.

Honra, Amizade, Amor, Lealdade,fluem nas palavras desta Mulher/Autora que se expressa através da escrita quer em prosa quer em poesia.

É esta Mulher, Empreendedora, Sonhadora, Batalhadora que aqui vos apresento hoje!

A Mulher que luta e prossegue, perseguindo o seu sonho maior que é o fazer "ouvir-se" enquanto escreve.

É pois desta forma, que me orgulho de estar ao seu lado como amiga e leitora, assistindo ao seu "nascimento" literário.

Porque sei que a Carmen gostará, passo a ler o prefácio que escrevi para o seu livro.


(Prefácio)

NASCI COM 35 ANOS
Porque a vida nos reserva surpresas a cada passo, foi com agrado que descobri nesta obra a Mulher/Autora, Carmen Ferreira,
Mas revi também a vida, pensar e existir de tantas mulheres, como leitora.
Em “Nasci com 35 Anos”, encontrei a Mulher/Mãe/Amiga/Companheira mas a mulher que sabe que tem mais para dar, que se questiona e tem sonhos, que quer tornar reais.
A escrita é a forma como Carmen se liberta e revela, sendo o refúgio mas também o ponto de partida para a mudança e viragem que pretende dar na sua vida.
Através das palavras que usa de variadas formas, unindo-as ao seu jeito em prosa ou poesia, contando histórias belas e cativantes mas sempre com mensagens onde se denota a sua personalidade, sentir e valores, em que acredita e que quer fazer valer,
Desnuda-se e recria-se.
É da mesma forma que muitas vezes nos fala de um mundo real onde com pureza e sinceridade diz o que sente mas que sabe que apesar dos cuidados que tem com os outros, os fere exactamente com a Verdade!
A autora assume com gosto que é com as palavras escritas que gosta de se expressar, porque sente nisso um enorme prazer e chega a apelidar esse acto de quase “orgástico”
É fascinante a forma como nos revela, desabafos, liberta dores, desencantos, frustrações mas também o amor, paixão, sonhos e a enorme vontade de dar asas à imaginação, unindo forças e fragilidades.

A sua vontade, essa é independente!

Como disse Henry David Thoreau, “Se já construi castelos no ar, não tenha vergonha deles. Estão onde devem estar. Agora dê-lhes alicerces.

É da mesma forma e com uma certeza que ficamos ao ler esta obra, que recomendo:
A partir de agora, nada será como dantes.

(Ana Casanova)


E os momentos de emoções e nervosismos aconteceram naturalmente!

E a Ana tinha razão..."a partir de agora nada é como dantes"...

Como disse e repito...Gosto mais das palavras escritas que faladas!



E alguns dos meus livros...noutras mãos...depois de um convivio muito agradável!

E é sempre nas nossas mãos que o sonho se aconchega!
Só depende de nós dar-lhe asas e deixa-lo voar!

15 comentários:

  1. Muito linda a postagem, parabéns e tudo de bom pra você, beijos

    ResponderEliminar
  2. Querida Carmen, continua a ser uma Flor dos Alpes, como estou feliz com as notícias que por aqui encontro!Afastada das lides bloguistas, hoje decidi dar um "saltinho" até aos blogues de alguns amigos (há alguns com quem contacto por telefone)e caí no "mel".
    Parabéns querida e que a vida lhe continue a sorrir e a dar muita vontade e força para o fazer...
    Abracinho meu!
    Maria Teresa

    O computador continua a brincar comigo, não consigo entrar através do meu blogue.

    ResponderEliminar
  3. Que lindos momentos registrados em fotos, mas certamente já marcados em ti! Parabéns, sucesso!beijos,chica

    ResponderEliminar
  4. Com enorme carinho
    agradeço de coração por compartilhar
    momentos tão agradaveis e tão importantes para mim.
    Certamente vera essa mensagem em outros blogs
    mais isso é tudo que posso fazer hoje.
    E jamais vou deixar de agradecer a bondade
    de estar sempre no meu blog acariciando meu corção.
    Agradeço e reconheço que Deus nunca nos deixa sozinho.
    Um beijo no coração,Evanir.

    ResponderEliminar
  5. Cara amiga
    Agora que sei o seu nome e porque gosto de CARMEM, passo a tratar a FLOr pelo seu nome, a não ser que não queira.
    Gostei muito de conhecer a Escritora e de ver um pouco da apresentação da sua Obra.
    Aceite os meus sinceros PARABÉNS.
    Gaspar de Jesus

    ResponderEliminar
  6. Olá Flor.
    Ver uma obra nossa ser publicada deve dar a mesma sensação de dar vida a um filho, depois de o sentir desenvolver-se durante nove meses no ventre. Plenitude e realização.
    Estou deveras contente por ti e gostei muito de ver as imagens do evento.
    Subscrevo inteiramente todas as palavras elogiosas e justamente merecidas com que os teus amigos Ana e Emanuel te distinguiram.

    Parabéns Carmen e...sejamos felizes, pois!

    Beijinhos

    Janita

    ResponderEliminar
  7. Olá Carmen [Flor Alpina],
    Cá estou, não só para matar saudades dos Alpes [que estão mais perto do céu], mas também para participar num momento alto e feliz da sua vida.
    Escrever é importante, é algo que perdura no tempo. Está de parabéns, portanto!
    Que a felicidade de concretizar o seu sonho perdure também no seu coração.
    Jorge
    Nota: Carmen é um lindo nome, só igualado pelo seu belo sorriso.
    J

    ResponderEliminar
  8. Olá Flor dos Alpes
    Fiquei a saber que nas encostas doa Alpes também nascem flores que escrevem livros. É gratificante saber que aos trinta e cinco anos ainda se pode nascer, pois há gente que por muito que viva, nunca nasce.
    Beijinho Carmen
    Kim

    ResponderEliminar
  9. amiga dos alpes,
    quando nos questionamos acerca da eternidade, temos de responder com momentos como o que aqui descreves; vivem para sempre, verdade?
    desde aqui te felicito!
    um beijo enorme!

    ResponderEliminar
  10. Olá, Flor!

    Os meus parabéns!
    Ver o primeiro livro publicado é certamente um momento lindo e inesquecível, reforçado pela presença de ter por perto gente amiga.
    Será certamente o primeiro de vários outros, já que lhe não falta talento.

    Tudo de bom para si.
    Beijinhos
    Vitor

    ResponderEliminar
  11. e a língua portuguesa continua viajante de muitos mundos

    parabéns!

    um abraço

    manuela

    ResponderEliminar
  12. É sempre um prazer registar momentos de grande felicidade...PARABÉNS
    Beijo d'anjo

    ResponderEliminar
  13. Obrigada por me teres proporcionado a possibilidade de ter estado "aí" ao lado, neste momento tão especial da tua vida.

    Estou felicíssima por ti, e também porque sei que o meu livro já vem a caminho.
    Oxalá chegue amanhã mesmo!!!

    Amiga, será um sucesso. Sei-o.

    Parabéns e muitos beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Parabéns!

    Que bom ter este sonho concretizado!
    Agora é mesmo sempre a avançar pela rua do verso, parar na avenida da emoção e dizer adeus a cada edição.

    Fico feliz por si!

    ResponderEliminar
  15. Que lindos momentos registados em fotos, parabéns aquém as tirou.

    ResponderEliminar